Matéria

  • Home /
  • Princípio da paixão por vencer

Princípio da paixão por vencer

Princípio da paixão por vencer

Os seus olhos precisam brilhar para o que você faz. Resultados excepcionais são atingidos por quem tem brilho nos olhos e paixão por vencer. Esses dois comportamentos são capazes de mudar o curso da sua vida. A palavra paixão costuma ser associada a um sentimento intenso, que possui a capacidade de alterar o comportamento e o pensamento. Já a palavra vitória é entendida como a ação ou efeito de vencer, de sair triunfante. Quando unidas, essas duas palavras são muito poderosas e podem ser usadas como estímulo para viabilizar seus grandes sonhos e promover grandes conquistas na sua vida. Jack Welch é um executivo e autor norte-americano que trata exatamente sobre a dimensão do impacto da paixão por vencer na vida das pessoas. Welch é autor do livro Wininng (Paixão por vencer, em português) e ficou famoso no mundo dos negócios por meio das suas conquistas e habilidades em gestão adquiridas durante vários anos atuando na General Electric (GE). Uma de suas frases mais célebres é “Bons líderes criam uma visão, articulam a visão, tomam a visão com paixão, e conduzem sem descanso até a sua realização”. Para qualquer um que sonhe com o sucesso, seja pessoal, seja profissional, seja material, a única garantia de conseguir obtê-lo vem da paixão por vencer. Com paixão, você dorme, sonha, acorda, vive pensando no sucesso. E faz o que é preciso para conquistá-lo. Costumo dizer que a essência da paixão por vencer é ter brilho nos olhos em tudo que você se propõe a fazer. Esse brilho nos olhos pode ser facilmente identificado em pessoas que batem no peito e dizem que vão fazer acontecer e assim conquistam seus sonhos e suas metas. Esse tipo de pessoa vai à luta e faz o que é necessário para chegar aonde decide que vai estar. Estive certa vez com o empresário paranaense Robinson Shiba, criador e CEO da China in Box e do Gendai, na época um dos integrantes do programa de tevê Shark Tank Brasil. Perguntei como ele fazia para es- colher um negócio para investir. E ele respondeu: “Eu reparo nos olhos de quem está falando sobre seu negócio. Se os olhos dele brilham, eu já tenho uma propensão a investir no negócio dele”. É claro que há vários outros critérios que ele avalia para decidir se vai investir em um negócio. Mas, se a pessoa dona do negócio tem paixão pelo que faz, já é um bom ponto de partida para a avaliação positiva que o Robinson faz. E é aqui que eu lhe pergunto: você ama o que está fazendo? Você é apaixonado pelo seu trabalho ou pelo seu negócio? Quando você fala do seu negócio, seus olhos brilham? Sempre digo que, quando a pessoa acorda e diz “Droga! Vou ter que trabalhar hoje!”, então está na hora de mudar de emprego, ou mudar de negócio. Quando a pessoa fica olhando o relógio, esperando chegar as seis da tarde para bater o cartão e ir embora, está na hora de cair fora desse trabalho. Essa é uma situação que não faz bem para a pessoa. Ela não gosta do que faz, e isso é uma dor que ela vive. E não vai conseguir produzir o suficiente para que consiga trazer resultados para ela mesma, e muito me- nos para os outros ou para a empresa em que trabalha. Se ela é dona do negócio, não vai gerar faturamento que compense todo o seu sofrimento. Se esse é o seu caso, tenho um recado: mude rapidamente, saia desse emprego, mude de negócio, porque você não vai ser bem-sucedido. As pessoas que não amam o que fazem tendem a fracassar muito rapidamente. Se você não pode mudar rapidamente de profissão ou de negócio, então aprenda a amar o que você está fazendo, até que você tenha condições de mudar para aquilo que realmente lhe dá paixão. Quando você coloca o coração no que faz, canaliza toda a sua energia para aquilo e torna seus sonhos mais fáceis de realizar. Paixão por vencer naquilo que você ama fazer é ter vibração intensa. Quem nunca se deparou com esse tipo de atitude em um vendedor? Você talvez nem comprasse aquele produto ou serviço que ele lhe ofereceu, mas, por conta do entusiasmo e a atenção com que o vendedor o apresentou, acabou comprando. 
Tenha paixão por vencer. Tenha brilho nos olhos. Amor pelo que faz. Não faça só o que gosta, mas goste do que faz. Tenha sede pela conquista, pela vitória, queira fazer história, deixar um legado. E então: você tem um brilho nos olhos quando fala do seu negócio, quando explica para alguém aquilo em que trabalha?

Edgar Ueda
Fundador da Neximob - Inteligência em negócios imobiliários, Palestrante e autor do best-seller Kintsugi - O Poder de dar a volta por cima que fiicou 12 semanas na lista dos mais vendidos pela Veja e Publishnews.
Siga nas redes sociais: @edgaruedaoficial

Tags: Referência


Sobre o Autor

Adicionar comentário


Vinhedo, SP

Rua São Thomé, 58 Santa Claudina,
CEP 13.280-000

Número de Telefone

+55 (19) 3876-6989

Fampage